Personal tools
You are here: Home Casos de Sucesso Minha terra tem palmeiras
Document Actions

Minha terra tem palmeiras

by dirceu last modified 2011-09-12 12:37

O que o Sebrae pode fazer por mim?, Quero abrir um negócio, Tenho um negócio com menos de 2 anos, Tenho um negócio com mais de 2 anos

Maranhão

Plantas Medicinais e Aromáticas

50

2

6

11

9 MINHA TERRA TEM PALMEIRAS.pdf




2006-11-01 09:55

1999

2002

Minha terra tem palmeiras,/Onde canta o Sabiá;/As aves, que aqui gorjeiam,/Não gorjeiam como lá. (Gonçalves Dias,1 Canção do Exílio, 1843).

O uso de plantas para a cura de doenças tem sido uma prática quase tão antiga quanto a existência do homem; contudo, seu uso já foi justificativa para que muitos fossem jogados à fogueira da Santa Inquisição.

Em um pequeno município do Maranhão, chamado Lago do Junco, esse costume era passado de mãe para filhos, e essa prática se dava tanto em razão da falta de recursos da comunidade para adquirir remédios quanto da ausência de um posto médico onde as pessoas pudessem ser atendidas.

"As plantas medicinais brasileiras não curam apenas, fazem milagres." (Von Martius) Possuidor de uma vasta e diversificada flora, o Maranhão tem, entre as várias tradições do seu povo, especialmente os que vivem na zona rural, a prática do uso de plantas medicinais no tratamento de várias doenças.

No município de Lago do Junco, essa prática diferenciou-se, em virtude de a comunidade tê-la transformado em uma forma de melhorar sua qualidade de vida, por meio da implantação do Horto e da Farmácia Fitoterápica, que foi resultado do Fórum de Desenvolvimento Local,2 em 1999, e que teve como principais parceiros a Prefeitura Municipal, a Paróquia São José e as lideranças locais.

"A idéia é aproveitar a diversidade da flora local e estimular o cultivo de plantas medicinais que, de certa forma, já é uma prática da região, e já faz parte da cultura local. É possível, a médio prazo, produzir o suficiente para exportar o excedente que não for assimilado pelo mercado local", disse Edimar Nascimento dos Santos, consultor do Sebrae para o projeto na época da criação da Farmácia Fitoterápica de Lago do Junco.


0



Dulcileide Oliveira Gonçalves
Canteiros do Horto Fitoterápico de Lago do Junco by dirceu — last modified 2011-09-12 12:37
 
Folhas Desidratadas de Plantas Medicinais Embaladas para Comercialização by dirceu — last modified 2011-09-12 12:37
 
MA-Fármacia Verde-01 by dirceu — last modified 2011-09-12 12:37
 
MA-Fármacia Verde-02 by dirceu — last modified 2011-09-12 12:37
 
Programa Sebrae de Desenvolvimento Local Integrado e Sustentável - DLIS by dirceu — last modified 2011-09-12 12:37
 
Saber Empreender by dirceu — last modified 2011-09-12 12:37
 
Líder Cidadão by dirceu — last modified 2011-09-12 12:37
 
Agronegócios by dirceu — last modified 2011-09-12 12:37
 
Desenvolvimento Sustentável by dirceu — last modified 2011-09-12 12:37
 
Prefeitura Municipal de Lago do Junco by dirceu — last modified 2011-09-12 12:37
 
Paróquia São José by dirceu — last modified 2011-09-12 12:37
 
Universidade Federal do Maranhão by dirceu — last modified 2011-09-12 12:37
 
Associação da Farmácia Verde e Horto de Plantas Medicinais do Lago do Junco by dirceu — last modified 2011-09-12 12:37
 
Bioterra by dirceu — last modified 2011-09-12 12:37
 
Cooperativa de Quebradeiras de Coco de Ludovico by dirceu — last modified 2011-09-12 12:37
 
Video Hora de Mudar - Canal Futura by dirceu — last modified 2011-09-12 12:37
 
Artigos by dirceu — last modified 2011-09-12 12:37
 

Powered by Plone CMS, the Open Source Content Management System

This site conforms to the following standards: